Se isto não coisar clique aqui e assim. Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...: Boy George <body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6653557\x26blogName\x3dOlhe+que+n%C3%A3o,+sh%C3%B4+Doutor!+Olhe+que+n%C3%A3...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://olhequenao.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://olhequenao.blogspot.com/\x26vt\x3d-538406010109702714', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...

Verdades absolutas sobre basicamente tudo.
All great truths begin as blasphemies.
Nem mais. Porra. 

25 de julho de 2004

Boy George













Bush, by Bush

“Ensina-se uma criança a ler e ele ou ela será capaz de passar um teste de literacia.”

“Vai demorar algum tempo para restaurar o caos no Iraque.”

“É claramente um orçamento. Tem bastantes números.”

“Para a NASA, o espaço ainda é uma prioridade.”

“Estamos a receber cada vez mais importações do estrangeiro.”

“Estava só à procura de um sítio para tomar uma refeição quente. Obrigado por me receberem.” [Frase proferida no jantar de acção de graças no Iraque. Aquele do Peru de plástico]

“Fui à guerra. Criei gémeas. Se pudesse escolher, preferia ir à guerra.”

“Passamos muito tempo a falar de África. E fazemos bem. África é uma nação que sofre de muitas doenças.”

“É importante que as pessoas percebam que quando há mais trocas, há mais comércio.”

“Acredito que o ser humano e os peixes podem coexistir pacificamente.”

“Não é o meu papel decidir quem vai para o céu. Deus decide quem vai para o céu, não George W. Bush.”

[Antes da eleição] Confio nas pessoas.”

[Depois da eleição] Não se pode confiar nas pessoas.”

“Lembrem-se que são os pássaros os que supostamente devem sofrer. Não os caçadores.”


“Como sabem, existem fóruns abertos. Qualquer um pode entrar e ouvir o que tenho para dizer.”

“Reparem, as nações livres são nações pacíficas. As nações livres não se atacam umas às outras. As nações livres não desenvolvem armas de destruição massiva.”

“Dou uma olhada pelas manchetes dos jornais só para obter uma ideia geral do que se está a passar. Raramente leio as histórias, mas recebo informação de pessoas que provavelmente lêem elas mesmas as notícias.”

“Tivemos uma produtiva reunião de Gabinete. O Secretário de Estado e da Defesa relembrou-nos dos nosso desejos de espalhar a liberdade e paz pelo mundo.”

“Antes de mais, deixem-me deixar isto bem claro: os pobres não são necessariamente assassinos! Só porque alguém não é rico, não significa que esteja disposto a matar.”

“Acho que a guerra é um local perigoso.”

“Eu penso que o povo americano… Eu espero que o povo americano… Eu não penso… Deixem-me só [consulta os papéis]… Eu espero que o povo americano confie em mim.”

“Há um velho ditado no Tennessee - quer dizer, sei que é no Estado do Texas e acho que é no Tennessee – que diz: Engana-me uma vez [pausa]… envergonha [pausa]… envergonha-te. [pausa] Engana-me… Não vou ser enganado outra vez.”

“Vocês também têm negros?” [pergunta ao Presidente brasileiro Fernando Henriques Cardoso em 2001]

“Sei no que acredito. Vou continuar a pronunciar aquilo em que acredito e aquilo em que acredito… Acredito que aquilo em que acredito está certo.”

“A nossa nação deve-se juntar para que fique unida.”

“Acredito na Linda [Linda Chavez, Secretária de Estado do Trabalho]. Das opiniões que li na imprensa, deu para perceber que ela é bastante qualificada.”

“O gás natural é um produto hemisférico. Gosto de achar que é hemisférico na sua natureza porque é um produto que podemos encontrar nos nossos vizinhos.”

“O trabalho dos legisladores é escrever a lei. O trabalho do nosso executivo é interpretá-la.”

“No passado, este já era um mundo perigoso e sabia-se exactamente quem eram os perigos. Éramos nós contra eles, e era claro quem eles eram. Hoje, já não temos tanta certeza de quem são eles, mas sabemos que eles estão ali.”

“A minha administração é um grupo de homens e mulheres virados para aquilo que é melhor para a América. Homens e mulheres honestas, homens e mulheres decentes. Mulheres que vêem o serviço ao nosso país como um grande privilégio e que não deixarão nódoas na casa.”

“O que sei sobre a Eslováquia resume-se aquilo que aprendi com o vosso Ministro dos Negócios Estrangeiros quando ele veio ao Texas.” [Resposta a um jornalista Eslovaco. O encontro a que Bush se refere foi com o Primeiro Ministro Esloveno.]

“Não respondo. Nem em francês, nem em inglês, nem em mexicano.” [Rejeitando qualquer tipo de declaração aos repórteres aquando da Cimeira das Américas]


Enviar um comentário

© J. Salinas 2005 - Powered by Blogger and Blogger Templates