Se isto não coisar clique aqui e assim. Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...: Factos da vida #14 <body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6653557\x26blogName\x3dOlhe+que+n%C3%A3o,+sh%C3%B4+Doutor!+Olhe+que+n%C3%A3...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://olhequenao.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://olhequenao.blogspot.com/\x26vt\x3d-538406010109702714', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...

Verdades absolutas sobre basicamente tudo.
All great truths begin as blasphemies.
Nem mais. Porra. 

20 de abril de 2007

Factos da vida #14










Diz-se que é um flagelo e não sei o quê mais, mas a verdade é que a sida ainda é das melhores dietas que para aí anda.


Blogger MiSs Detective said...

nao quero ser a primeira a comentar! alguem que abra as hostes.  


Anonymous 3ºanónimo said...

que deprimente.  


Blogger João said...

A sida é bem pior do que aquela dieta das toranjas, porque é causada por beliscões. E eu prefiro comer toranjas a levar beliscões. Mas no entanto, prefiro beliscões a ter que ouvir os Toranja. Hã?  


Anonymous Não havia necessidade... said...

E pensava eu que era possuir uma ténia ou consumir daqueles comprimiditos de farmácia como se não houvesse amanhã... bahhh... esta não teve piada, desculpa que te diga!
Dada a gravidade (cada vez mais crónica) do problema, em termos de saúde pública e não só... julgo que dizer isso tendo em conta apenas a panorâmica de vida ocidental (talvez média... talvez alta da fracção populacional que a compõe).. é um pouco precipitado!
Para além disso julgo ser preferível sofrer de anorexia do que de SIDA... mas como usas "sida", talvez te estejas a referir a outra coisa que não aquela patologia alegremente causada pelo HIV (pelo menos tenho essa esperança... não por mim... mas por ti... pois não quero estar para aqui a julgar-te mimado a pontos de acreditares naquilo que escreveste)!
Ainda para mais sabendo que quem tem SIDA raramente apenas tem SIDA... pois trata-se de uma doença altamente oportunista!

Sorry... but...  


Blogger Pedro said...

Caro Não (espero que não te importes que te trate pelo primeiro nome), sendo o mais sincero possível, só posso, em minha defesa, adiantar que estava aqui a tentar perceber o quão longe podia ir em termos de piadas de mau gosto ou, como eu lhes costumo chamar, “piadas de havias de ser tu a ter isso, ó palhaço, e depois logo víamos se te rias”. Esta tirada, a sida enquanto dieta eficaz, era apenas a primeira, e mais suave, do grupo de várias que possuo. Sendo assim, fico-me por aqui. E volto ao meu registo habitual de simpatia e boa disposição.

Sim?  


Anonymous Anónimo said...

Li ha pouco tempo na Playboy americana, uma entrevista a uma mulher que contraiu o virus da sida. Ela afirma que foi traida pelo seu parceiro de ha muitos anos e nunca esperava uma coisa daquelas. A sua sede de vingança é enorme e promete que iria passar a mocar sem proteção, e como se não houvesse amanhã. A entrevista termina assim: "...and you know what? I'm young and I'm beautiful!..."

Isto deve emagrecer uns quantos.

Cumps
Zot  


Blogger João said...

E ó Pedro Jorge, para quando um post acerca dum sem-abrigo/com-sida? Que até era coisa para correr de vez com esta corja de gentalha daqui p'ra fora e tudo.  


Blogger João Nascimento said...

Antes de mais, quero deixar bem claro que considero o HIV o maior flagelo desde a Grande Falta de José Cid de mil nove e noventa; e dizer também que ela merece toda a minha consideração e apreço — sem desprimor para a tuberculose, claro, que também é dietética. Posto isto, sinto que tenho autoridade moral para, como sugere, e bem, o João, manifestar o meu interesse em ler um texto sobre um sem-abrigo infectado. Mas não o vou fazer, por uma questão de pudor.

Aquele abraço.  


Anonymous Ni said...

Isso por acaso não é nenhuma indirecta para as gordas, pois não? :D  


Blogger João said...

Odeio gordas.Directa e indirectamente.  


Anonymous netwalker said...

hehehe... a seguir vem uma do género que preferes os massos de tabaco que provocam o cancro em vez dos que advertem para a disfunção erectil!  


Anonymous Izzy said...

Verdadeiramente atroz seria um sem-abrigo epileptico com Sida. Mas ainda bem que o Pedro nao foi por ai.  


Blogger António A. Antunes said...

uia  


Blogger O Livreiro said...

Blah, blah blah moralismo, blah blah blah vergonha, blah blah blah inaceitável.  


Anonymous Carlos said...

Não vale a pena tentares fazer piadas em relação à SIDA.
Não consigo sequer comentar para além do que foi dito acima.  


Blogger Pedro said...

O que é que vale a pena então? Sempre me poupa trabalho... posso fazer sobre outras doenças? Ou só da senhora sida é que não?  


Blogger sergiodiassilva said...

E anorexia? Para quando humor sobre anorexia?  


Anonymous Anónimo said...

A SIDA tem limpado muita corja do planeta. E se todas as vítimas que morreram vítimas da SIDA andassem por aí aos pulos? Ah pois, era mais corja ainda. Fala-se tanto da fome em África... se não houvesse SIDA a fome era ainda maior. Mais, se não andassem no pinocanço à desgarrada feitos macacos, não havia SIDA para ninguém.  


Blogger João said...

Devia era haver uma SIDA só para blogs e comentários. Mas que fosse uma SIDA esperta e que limpasse o sebo apenas aos idiotas. Aposto que só aqui, lerpava muita gente.  


Anonymous Anónimo said...

Sim, mas não se trata de mau gosto. As crianças peçonhentas que atiram a colher do gelado ao chão e começam a fazer birra, para depois a empregada ir apanhar, isso não é mau gosto. Se fosse mau gosto, o resto seria bom gosto. E por aí vemos logo a estirpe. A SIDA não emagrece. O que emagrece é o cavalo, a tuberculose e a falta de inspiração.  


Blogger Pedro said...

E a transpiração.  


Anonymous Anónimo said...

e a caganeira.  


Anonymous Palmieres said...

Bem, na minha humilde opinião e quanto a dietas, acho que era muito mais eficiente comercializarem uma ténia com um 'cordelinho' à lá tampão 'o.b.' - puxava-se quando tivesse feito o seu trabalho e pronto. Quanto ao SIDA, epá... olha, é mais uma. As suas vítimas não merecem mais ou menos consideração do que as que morreram de sífilis ou peste bubónica, portanto parodia lá à vontade que eu não me chateio.  


Anonymous curandeiro said...

hm... axo k nconseguias facilmente fazer melhor que isso.. de qualquer forma, tenta conhecer um pouco daquilo com que gozas e depois, se conseguires fazer isso, tenta aspirar a perceber que há merdas que são (felizmente nem sempre) muito dramáticas e não menos injustas.
ah, e já agora, tenta colocar-te nessa posição e também responder: de certezinha absoluta que não estás infectado?  


Blogger Pedro said...

E se estiver? Já posso fazer piadinhas?  


Enviar um comentário

© J. Salinas 2005 - Powered by Blogger and Blogger Templates