Se isto não coisar clique aqui e assim. Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...: És um atrasado mental? <body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6653557\x26blogName\x3dOlhe+que+n%C3%A3o,+sh%C3%B4+Doutor!+Olhe+que+n%C3%A3...\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://olhequenao.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://olhequenao.blogspot.com/\x26vt\x3d-538406010109702714', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
Olhe que não, shô Doutor! Olhe que não...

Verdades absolutas sobre basicamente tudo.
All great truths begin as blasphemies.
Nem mais. Porra. 

21 de março de 2004

És um atrasado mental?

















Bem, como primeiro post, aqui ficam os resultados de uma pesquisa de anos na tentativa de identificar e destacar claramente aqueles indivíduos que, não sendo cientificamente reconhecidos como atrasados mentais, são, sem sombra de dúvida, uma espécie cuja acção assume padrões de surrealismo social. É inegável que, a dada altura das nossas vidas, já todos nos questionámos se seríamos ou não atrasados mentais, ou, de certo modo, quão atrasados mentais seríamos. Neste sentido, convém realçar que a expressão "atrasado mental" aqui utilizada se refere mais àqueles indivíduos que personificam na perfeição a mítica figura do "mongo". O problema aqui é que eu gosto mais de dizer "atrasado mental" do que "mongo".

Bem, adiante. O número de critérios que é preciso preencher para se ser considerado um "atrasado mental" não reúne consenso entre os peritos. Porém, penso que ver-se reconhecido em pelo menos quatro das seguintes alíneas é o suficiente para ser cabalmente identificado como um "atrasado mental", sendo que, logicamente, um acumular exacerbado destes critérios indica estarmos perante um "ganda atrasado mental", vulgo "ganda mongo!".

Ponto 1 - É 00h30. Alguém diz: "Pá, vou indo. Amanhã tenho que acordar às 7h!".Quem, apressadamente, disser: "Amanhã não! Hoje!", é um atrasado mental! Aliás, nem é preciso ser de forma apressada. Outra coisa: se houver uma discussão sobre se afinal é amanhã ou hoje, todos os envolvidos na referida são atrasados mentais.

N.B: Há ainda outro fenómeno estranho, mas mais raro. Imaginem que dizem “Boa Tarde” a alguém e esse alguém responde: “Boa Tarde não! Bom Dia! Ainda não almocei!” O problema aqui reside no facto de algumas pessoas associarem a transposição da manhã para a tarde com uma hora específica (por exemplo, o meio-dia) e outras, pelos vistos, associarem essa mesma transposição com o almoço. Bem, seja como for, quem fizer questão de obedecer a qualquer um destes códigos para saber se já pode dizer “Boa Tarde”, é também atrasado mental!

Ponto 2 - No mesmo sentido, quem, no dia 31 de Dezembro se despedir de alguém com um “Até para o ano”, é um atrasado mental! Já agora, esta pessoa irá também, muito provavelmente, quando encontrar no novo ano o indivíduo de quem se havia despedido no dia 31, dizer: “Eh pá! Já não te via desde o ano passado!” Veredicto (e apesar da coerência manifestada): atrasado mental!

Ponto 3 - Quem, sem razão aparente, numa festa de anos decidir começar a cantar os parabéns desde o inicio quando toda a gente já vai a meio ou no fim, é um atrasado mental! Aliás, qualquer interrupção à margem normal dos “Parabéns” cantados (seja com os habituais “Uh!Uh!Uh!Uh!” dos filmes com equipas universitárias norte-americanas, ou com o “Yuh-Yuh! Yuh-Yuh!” que o João Baião popularizou no mítico “Big Show SIC”) é considerado um acto de atrasado mental!

Ponto 4 - Quem, quando passa um carro da polícia, agir como se fosse procurado pela mesma, é um atrasado mental! O mesmo se aplica a quem utilizar a expressão “Olha, os meus amigos” quando passa o supracitado veículo.

Ponto 5 - Quem, quando passa um carro desportivo, ou, de maneira geral, um carro caro como tudo, diz: "Olha, ali vai o meu jardineiro/mordomo/empregado de qualquer espécie.", é um atrasado mental! Mesmo que seja realmente o seu jardineiro/mordomo/empregado!

Ponto 6 - Quem tem um chapéu de chuva basicamente do mesmo tamanho dos chapéus de sol normais (sim, aqueles da praia!), é um atrasado mental! Já agora, se quando chove, e alguém que está com chapéu de chuva se encosta aos prédios (onde, logicamente, chove menos) enquanto pessoas sem chapéu são obrigadas a desviar-se e a molhar-se ainda mais, esse alguém é um atrasado mental!

Ponto 7 - Quem gosta de imitar pivots de TV e dizer "Dinossáurios", "Seqéstro" ou "Lídres", é um atrasado mental! Já agora, quem começou a dizer "prémio Nóbél" depois do Saramago ganhar o dito, também não anda muito longe do padrão comportamental que aqui se explora.

N.B: Não interessa se estas são as formas correctas! A pessoa em causa não é pivot de televisão! E o Saramago não é sueco!

Ponto 8 - Quem souber a que materiais corresponde cada cor dos Ecopontos sem estar perto dum, é um atrasado mental!

Ponto 9 - Quem achar que a Sophia de Mello Breyner é mãe do Nicolau Breyner, é um atrasado mental! Em contrapartida, achar que o Nicolau Breyner e o Miguel Sousa Tavares são irmãos já não nos parece tão grave.

Ponto 10 - Quem bate palmas quando alguém deixa cair um tabuleiro na cantina, é um atrasado mental! Quem bate palmas quando deixa cair o seu próprio tabuleiro na cantina, pertence a uma outra categoria de pessoas para a qual ainda nem há definição ainda.

Ponto 11 - Quem mistura expressões anglo-saxônicas no seu discurso normal, é atrasado mental. Exemplo: dizer palavrões em inglês, como "Fuck!" em vez de "Foda-se!", ou "Shit!" em vez da correspondente portuguesa. Outra forma que este fenómeno em particular pode assumir é a tradução literal de provérbios ou expressões inglesesas para português. Exemplo: Dizer "Estão a chover cães e gatos".

Ponto 12 - Quem precisa de abrandar o passo para entrar/sair da passadeira rolante da estação de Metro do Marquês, é um atrasado mental! O mesmo se aplica a escadas rolantes! Nem é preciso dizer nada em relação àquelas pessoas que vão paradas lado a lado nas passadeiras rolantes porque estão a conversar e não querem interromper a sua fascinante interacção para deixar os outros passar!

Ponto 13 - Quem entra no Metro antes dos outros saírem, é obviamente um atrasado mental!

N.B: No caso de não utilizar o Metro, procure, na medida do possível, transpor esta realidade para um qualquer outro transporte público que utilize (no caso de não utilizar transportes públicos, experimente ir ao Metro no dia sem carros que deve chegar).

Ponto 14 - Quem, quando o Metro chega, repara que no sítio onde está não vai ter acesso directo à porta e começa a andar de lado para junto da mesma, é um atrasado mental!

Ponto 15 - Imaginem umas pessoas que calmamente caminham para o Metro e são sobressaltadas pelo “pi-pi-pi” de aviso de fecho de portas. Imaginem agora que a pessoa que entrou primeiro, no preciso momento em que o fez, parou de costas para a porta, impedindo (ou no mínimo dificultando) a entrada à horda de coitados que ainda não atingiu o seu objectivo mais imediato. Esta pessoa é obviamente um atrasado mental. Normalmente, este tipo de comportamento vem acompanhado da adopção de uma atitude que mais faz lembrar aquele indivíduo que acabou de entrar no baile/gala mais importante da sua vida, ou seja, mira tudo e todos, vê se está penteado (no vidro da porta em frente) e escolhe um lugar que não o deixe ficar mal, mas que também não seja demasiado presunçoso.

Ponto 16 - Quem, quando vê uma pessoa entrar à tangente entre as portas do Metro que entretanto se fechavam, pensa instintivamente no Indiana Jones I a fazer o mesmo (embora na horizontal) com uma porta de pedra, é um atrasado mental! Se, com um brilho lacrimejante nos olhos, pensa: "Quem me dera ter sido eu!", ainda pior!

Ponto 17 - Quem, no Metro, estiver perante um daqueles lugares com três bancos e se sentar no do meio, é atrasado mental!

Ponto 18 - Quem fizer contorcionismo para conseguir ler a primeira página d’A Bola que outro ocupante do Metro leva, é atrasado mental!

Ponto 19 - Quem usa a expressão "Metro de superfície", é um atrasado mental!

Ponto 20 - Quem usa o provérbio "Não acredito em bruxas, mas que as há, há!", é atrasado mental! Se disser em espanhol ("No creo en brujas, pero que las hay, hay!"), é um atrasado mental que diz provérbios em espanhol!

A Gerência


Blogger Ganda Bolta said...

Isto é lindo! Uma sugestão. Quem utiliza para a 2ª pessoa do singular as palavras vistes, fostes, fizestes, gostastes, comestes, crescestes, lambestes, é atrasado mental. Quem diz lember, há-des, prontos e portantos, é um ganda atrasado mental.  


Blogger Ganda Bolta said...

Este comentário foi removido pelo autor.  


Enviar um comentário

© J. Salinas 2005 - Powered by Blogger and Blogger Templates